16 de setembro de 2010

O Lobo e o Cordeiro na política catarinense


Nota do presidente estadual do PT,  José Fritsch, sobre o caso LULA X Bornhausen

O lobo vestido em pele de cordeiro é a metáfora do disfarce. Camufla um animal feroz em um animal manso, dócil e cordial. Mas, em algum momento, o lobo ataca e perde seu disfarce. É desmascarado.

Esta metáfora é conhecida por todos. Através desse exemplo, dirijo-me aos catarinenses, cidadãos de bem e honrados, não para falar dos vícios do ex-senador Jorge Bornhausen ou de seus familiares que, de forma desequilibrada proferiu mentiras e ofensas contra o nosso Presidente da República. Venho falar qual é a verdade que está em jogo nessas eleições em Santa Catarina e no Brasil: a diferença de um governo comprometido com a maioria da população, contra a proposta das elites que querem retomar ou manter o poder a qualquer custo. Vou falar sobre o que foi feito!

Compreendo perfeitamente a atitude do ex-senador. A causa de sua indignação e destempero não foi pelo que disse o Presidente Lula. Afinal, “extirpar” significa “extrair, arrancar” em uma disputa política e democrática. Arrancar através do voto na urna é legítimo.

A causa da fúria do ex-senador Bornhausen está sustentada no fato de que um metalúrgico, nascido no interior do agreste nordestino, pobre e sem pertencer às castas nobres, tenha promovido o desenvolvimento do Brasil e de Santa Catarina, deixando o ex-senador e qualquer oligarquia deste país com um sentimento de grande frustração.

Afinal, em décadas no comando do aparelho de Estado, a elite que desdenhava do povo, mesmo quando tentou maquiar realizações, não foi competente com as necessidades mais prementes da sociedade. O ódio de Bornhausen é o ódio representante das elites, que sempre mandaram e desmandaram no poder do nosso país.

O candidato Raimundo Colombo é o representante dessa elite raivosa. Não pode expressar este mesmo ódio, da mesma forma que o seu padrinho político Jorge Bornhausen, porque receia a perda de votos. Sabe que o presidente Lula fez muito mais por Santa Catarina do que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e seus partidários.
  
Jorge Bornhausen quando foi ministro da educação o que fez por Santa Catarina? Qual a mudança substancial na educação do povo catarinense? Quais obras importantes para a educação?  Então, vamos listar rapidamente o que tanto incomoda Bornhausen e o candidato Raimundo Colombo, o cordeiro do ex-senador.  

No governo Lula, das 78 novas escolas federais inauguradas no País, Santa Catarina foi contemplada com seis novas instituições para os municípios de Videira, Xanxerê, Jaraguá do Sul, Araranguá, Luzerna e Ibirama. Só para nosso estado, foram cerca de oito milhões em investimentos no ensino tecnológico. Também tivemos a criação da Universidade Federal da Fronteira Sul e a interiorização da Universidade Federal de Santa Catarina. Hoje a UFSC está em Joinville, Araranguá e Curitibanos. Quantas universidades em Santa Catarina o ex-ministro da educação, o ex-senador Jorge Bornhausen, inaugurou?

Um grande político expressa sua grandeza apoiando as realizações em favor da sociedade, mesmo quando extirpado do poder. Pensávamos que Bornhausen e seu partido, os Democratas, fossem aplaudir de pé o Prouni, maior programa de concessão de bolsas de estudo da história da educação brasileira, criado pelo governo Lula, responsável pelo ingresso de 704 mil jovens pobres ao ensino superior.  Ao contrário, o PFL de Bornhausen, em outubro de 2004, antes ainda de vestir a pele do DEM, moveu uma ação na justiça contra o Prouni.

Enfim, sabemos que história política de Bornhausen e do DEM, é a história das elites que não engolem a grande lição que o povo lhes deu nas urnas, colocando na condução deste imenso e maravilhoso país um operário. Por isso espumam de raiva, procurando não respingar na maquiagem e na retórica do bom moço que pede voto aos catarinenses.

José Fritsch – Presidente do PT de Santa Catarina

Um comentário:

  1. Excelente texto com total realidade da conjectura política do nosso estado, mas, não te enganes, pois o homem por si só é egoista e o PT tem sérios desvios de conduta nos seus quadros e que com certeza farão ainda muito mal à este país.
    Landinho Machado

    ResponderExcluir

Chegou até aqui, então manda o comentário...