25 de abril de 2012

III Encontro Nacional de Blogueir@s será em Salvador

Agora está confirmado: O III Encontro Nacional de Blogueir@s ocorrerá em Salvador, Bahia, nos dias 25, 26 e 27 de maio. A estrutura do evento, que deve reunir cerca de 500 ativistas digitais de todo o país, já está quase toda montada.

A comissão nacional organizadora do BlogProg tem realizado os últimos esforços para garantir alojamento e refeição para todos os participantes. A inscrição para encontro vai até o dia 11 de maio. O valor é de R$ 60,00 para os ciberativistas e de R$ 30,00 para estudantes.

Inscreva-se

Para viabilizar a estrutura do evento, a comissão organizadora ficou responsável pelo contato com cerca de 40 entidades populares, sítios e publicações – os chamados “Amigos da Blogosfera”. A exemplo dos dois encontros anteriores, eles deverão contribuir financeiramente.

Também estão sendo feitas articulações junto a instituições públicas e empresas para bancar o III BlogProg. Todos os apoiadores terão seus nomes divulgados na blogosfera e nas redes sociais, garantindo total transparência para o evento.

Quanto à programação, ela foi definida na reunião da comissão nacional no dia 24 de março. Os contatos já foram feitos, mas nem todos os convidados confirmaram a presença. O III BlogProg dará maior espaço para as oficinas autogestionadas – os interessados devem apresentar sugestões de temas e de debatedores até 4 de maio e ficam responsáveis pela iniciativa.

Também haverá maior espaço para reuniões em grupo com o objetivo de intercambiar experiências, fazer o balanço das atividades no último período e traçar os próximos passos da blogosfera. Abaixo, a proposta de programação:

III Encontro Nacional de Blogueiros (BlogProg) Salvador, Bahia – 25, 26 e 27 de maio de 2012

Programação
25 de maio, sexta-feira
15 horas – Início do credenciamento;
17 horas – Palestra inaugural: A luta de ideias no mundo contemporâneo – Convidado: Michel Moore (diretor de cinema e escritor dos Estados Unidos)
19 horas – Ato político em defesa da blogosfera e da liberdade de expressão – Praça Castro Alves - Convidados: Artistas, lideranças políticas e dos movimentos sociais;

26 de maio – sábado
9 horas – Nas redes e nas ruas pela liberdade de expressão e pela regulação da mídia
Convidados:
- Franklin Martins – ex-secretário da Secretária de Comunicação da Presidência da República;
- Emiliano José – integrante da Frente Parlamentar pelo Direito à Comunicação e pela Liberdade de Expressão;
- Gilberto Gil – ex-ministro da Cultura;
- Barbara Lopes – do movimento blogueiras feministas;
11 horas – A força das redes sociais no mundo
Convidados:
- Ignácio Ramonet – criador do Le Monde Diplomatique e autor do livro “A explosão do jornalismo”;
- Amy Goodman – fundadora do movimento Democracy Now e ativista do Ocupe Wall Street;- Osvaldo Leon – Diretor da Agência Latino-Americana de Informação (Alai);
15 horas – Oficinas autogestionadas
(Os temas e conferencistas deverão ser propostos até 4 de maio; a organização das oficinas caberá exclusivamente aos seus proponentes);
17 horas – Apresentação e debate da proposta sobre a Associação de Apoio Jurídico à Blogosfera – Rodrigo Vianna e Rodrigo Sérvulo da Cunha;
19 horas – Lançamento oficial do Blogoosfero, Plataforma Livre e Segura para blogosfera e redes sociais
Responsáveis: Fundação Blogoosfero, Colivre, TIE-Brasil e Paraná Blogs

27 de maio – domingo
9 horas – Reuniões em grupo: balanço, troca de experiências e próximos passos da blogosfera;
12 horas – Plenária final: aprovação da Carta de Salvador, definição da sede do IV BlogProg e eleição da nova comissão nacional.
Mobilização e público-alvo
- Meta de 500 participantes de todo o país (300 da Bahia, sendo 100 do interior);
- Público alvo: ativistas digitais, estudantes, acadêmicos e jornalistas.

18 de abril de 2012

Trabalhadores do judiciário aprovam greve para o dia 26 de abril

Categoria decide parar 24 horas pelo Plano de Cargos e Salários.

Os trabalhadores do Poder Judiciário do estado reunidos em assembleia geral na manhã desta quarta-feira, (18) decidiram por unanimidade fazer uma greve de 24 horas no próximo dia 26 de abril. A paralisação acontece por conta do rompimento do acordo entre o TJ e a direção do SINJUSC feito há dois anos quando a administração se comprometeu a implementar um novo PCS – Plano de Cargos e Salários para os trabalhadores.

A decisão de paralisar leva em conta a intenção da administração do TJ de sepultar o PCS dos trabalhadores. Um parecer elaborado pela assessoria da presidência do TJ, datado de 29 de março, mas entregue ao sindicato apenas no dia 12 de abril aponta claramente para esse caminho.

Uma nova assembleia geral, já com indicativo de greve, foi marcada para o próximo dia dois de maio, mesmo dia em que acontece a reunião do Pleno do TJ que vai analisar com base no parecer do Juiz assessor da presidência do TJ, Laudenir Petroncini, o PCS da categoria.

O Plano de Cargos e Salários vinha sendo discutido entre TJ e SINJUSC desde 2010. O projeto, hoje com 932 páginas, já havia sido aprovado pelo Conselho de Gestão do TJ e no final do ano passado, em discussão no Tribunal Pleno do dia quatro de dezembro, obtive nove votos favoráveis a sua aprovação.

Na decisão do Tribunal Pleno em dezembro do ano passado foi determinado ao então Presidente eleito, Cláudio Dutra, um prazo de 100 dias para a realização de estudos visando a implementação do plano.

Em fevereiro, durante a primeira reunião com a direção do SINJUSC, o presidente Claudio Dutra garantiu que o PCS era irreversível, para em seguida respaldado em um parecer administrativo, com vários dados manipulados, tentar engavetar o projeto do PCS dos trabalhadores.

9 de abril de 2012

Elaine Tavares lança "Em Busca da Utopia"

“Em busca da utopia” é uma declaração apaixonada de amor pelo jornalismo crítico, independente e libertador. Um livro para pensar a reportagem e os sonhos em vigília.

O Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA/CSE/UFSC) e a revista Pobres e Nojentas convidam para o lançamento do livro da jornalista Elaine Tavares: “Em busca da Utopia - os caminhos da reportagem no Brasil, dos anos 50 aos anos 90”, que acontece no próximo dia 10 de abril de 2012, às 19h30min, na Pizzaria San Francesco.

Nesse trabalho a jornalista Elaine Tavares faz uma recuperação da teoria do jornalismo produzida no Brasil desde os anos dourados até o início do século XXI. Ancorada no conceito de utopia ela desvela o pensamento que hegemonizou a prática do jornalismo e as teorias hereges que iluminaram o pensamento crítico.

Depois, ela analisa a reportagem nas revistas O Cruzeiro, Realidade, Veja e Época, mostrando como a utopia aparece nos textos e qual a importância disso para o jornalismo. Elaine defende a tese de que a utopia é parte da consciência do ser humano e, por isso, impossível de desaparecer mesmo nos veículos mais “gosmentos”, como é o caso das revistas Veja e Época.

Vez ou outra, por força de um jornalismo de autor, ela (a utopia) aparece nos textos mostrando que Adelmo Genro Filho, teórico gaúcho, estava certo ao dizer que, mesmo sendo filho dileto do capitalismo, o jornalismo apresenta brechas por onde a realidade pode se expressar. Assim, aquilo que existe apenas como propaganda do sistema, em alguns momentos, explode em crítica e utopia.

O trabalho traz à luz teóricos há muito tempo esquecido nas universidades como Danton Jobim, Alceu Amoroso Lima, Antônio Olinto, Celso Kelly e outros que singraram a dura estrada de produzir teoria no campo do jornalismo em um país que é mestre em copiar e repetir ideias alheias, prisioneiro do eurocentrismo e dos teóricos estadunidenses.

O livro ainda discute o conceito de pós-modernidade mostrando que o que era real para a Europa esgotada no início do século nada tem a ver com a realidade latino-americana. A América Latina – e o Brasil aí incluído – vive um tempo de mudanças radicais, capaz de se expressar também na forma de narrar a vida.

A manipulação da informação pelos meios de comunicação e os trabalhadores

Dando continuidade às comemorações pelos seus 60 anos a Federação dos Trabalhadores no Comércio no Estado de Santa Catarina - FECESC - promoverá um Ciclo de Palestras que terá inicio no dia 16 de abril.

O primeiro convidado será o comunicador social Vito Giannotti, um dos fundadores do Núcleo Piratininga de Comunicação – NPC, entidade que realiza cursos para dirigentes sindicais e jornalistas sobre comunicação sindical e popular.

Giannotti irá abordar o tema “A manipulação da informação pelos meios de comunicação e os trabalhadores”. O evento será às 14h na sede da FECESC e é aberto ao público.

As comemorações tiveram início no dia 16 de fevereiro quando foi reinaugurado o auditório da FECESC. Palco de muitos debates e encontros, o local é considerado um símbolo da resistência contra a ditadura e a favor da classe trabalhadora.

Confirme sua presença até o dia 12 de abril através do telefone (48) 3229 8623 ou pelo email fecesc@fecesc.org.br.