29 de maio de 2009

Finalmente, Comissão começa a organizar Conferência de Comunicação

A primeira reunião da Comissão Organizadora da I Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), está marcada para o dia primeiro de junho, às 11 horas, no auditório do Ministério das Comunicações, em Brasília. A lista dos membros foi publicada na última terça feira, 26, pelo Minicom. Ao todo, foram designados 81 membros, entre titulares e suplentes, para o grupo que vai organizar a conferência que acontece em dezembro. Veja aqui.
Aqui em Santa Catarina, hoje pela manhã, na sede do Conselho Regional de Psicologia uma reunião da Comissão Pró-Conferência definiu estratégias para a realização de debates e oficinas preparatórias em todo Estado. Um novo encontro está marcado para o dia nove de junho no auditório da Fecesc. Mais aqui.

27 de maio de 2009

Mobilidade em Floripa

Florianópolis tem o segundo pior índice de mobilidade do mundo e o deslocamento mais complicado entre 21 das principais capitais brasileiras. A conclusão está em estudo desenvolvido pelo pesquisador da Universidade de Brasília (UnB) Valério Medeiros. Tá tudo nessa matéria do Clic. O Zé também desenhou o tema:

26 de maio de 2009

Se essa onda pega...


Divulgada comissão organizadora da 1ª Confecom

Ministerio das Comunicações divulgou os nomes da Comissão Organizadora Nacional da 1ª Conferência Nacional de Comunicação qeu acontece em dezembro deste ano em Brasilia. Conheça todos os nomes aqui.

25 de maio de 2009

22 de maio de 2009

Democratização da Comunicação e Conferências foram debatidas em audiência pública

O comprometimento do Governo do Estado com a democratização da comunicação é a principal proposta que se pretende alcançar através do movimento de entidades civis organizadas na Conferência Nacional de Comunicação que acontece de 1º a 3 de dezembro deste ano, em Brasília.
Antes da etapa nacional, Santa Catarina está organizando, em conjunto com a Assembleia Legislativa, a realização da Conferencia Estadual em oito regiões: Oeste, Meio Oeste, Planalto Serrano, Planalto Norte, Vale do Itajaí, Grande Florianópolis, Sul e Extremo Sul. Para isso, a comissão organizadora articula junto ao poder público estadual que se faça a convocação da conferência em Santa Catarina. leia mais sobre a Conferência: SJSC, Alesc, SJSC, Comunica-sc e Fenaj

20 de maio de 2009

Oficina e Audiência Pública sobre a Conferência de Comunicação

Hoje às 19h no mini auditório da FECESC, que fica na Mauro Ramos em frente ao banco redondo acontece uma oficina pró-conferencia de comunicação e amanhã, 21 de maio, quinta-feira, no Plenarinho da Assembléia Legislativa de Santa Catarina, se realiza a Audiência Pública sobre a Conferência Nacional de Comunicação.
Tema em discussão: “Comunicação: meios para a construção de direitos e de cidadania na era digital”
9h: Composição da mesa de abertura com representação dos poderes estaduais Executivo e Legislativo e da sociedade civil organizada.
10h: conferência com Pedrinho Guareschi, doutor em psicologia social, conferencista internacional, atuando principalmente nos seguintes temas: mídia, ideologia, representações sociais, ética, comunicação e educação.
11h: Debate.
12h: Encerramento e reunião do Comitê de Santa Catarina Pró-Conferência Nacional de Comunicação

19 de maio de 2009

Gibi da Defensoria Pública

Durante a audiência pública que discutiu a Defensoria Pública em Santa Catarina, hoje pela manhã (19/05/09) na Assembléia Legislativa, foi lançado um Gibi explicativo sobre o tema. O traço é do renomado jornalista e chargista ZéDassilva. O objetivo do Movimento Pró Defensoria Pública é colher 45 mil assinatura e apresentar um projeto de iniciativa popular na Assembléia. Santa Catarina é a único Estado que ainda não possui esse importante instrumento. Leia mais aqui e aqui. Clique nas imagens para ver a cartilha.

Uma única versão para o WTTC

Sugiro leitura do texto da Jornalista, Miriam Santini de Abreu com uma análise do que foi dito pela RBS em seus veículos sobre o WTTC, recente encontro que reuniu figurões do turismo mundial. Está publicado aqui. Trechos:

Aportaram no Costão do Santinho, onde pedras adornadas com misteriosas pinturas rupestres vigiam o mar. Até dia 16, mesclaram conversas e acepipes enquanto traçavam o futuro da Ilha de Santa Catarina e de todo o litoral catarinense.
Parte da conta foi paga com dinheiro público, R$ 6,5 milhões, e será – alardeiam – compensada pela “mídia internacional”. O carro-chefe dos impressos do Grupo RBS no Estado, o Diário Catarinense, há uma semana conta em detalhes como será dividido o excelente butim, com o qual também irão se regalar governantes e empresários locais.
O conteúdo que foi alvo da breve análise, sobre as mais recentes edições do DC a respeito da nau do WTTC, se repete no A Notícia, de Joinville, no Jornal de Santa Catarina, em Blumenau, no Hora de Santa Catarina, em Florianópolis, além das rádios, internet e na onipresente programação local e regional da RBS TV.

Conversa

Hoje tem Papo de Jornalista na ACI. Em discussão a evolução do jornalismo em Santa Catarina. A conversa é com os fundadores do curso de jornalismo da UFSC, todos meus ex-professores: Moacir Pereira, César Valente e Paulo Brito. As às 19h.

18 de maio de 2009

Desejo

...e assim ladeadas, as marcas dela e dele ficaram...






















foto da Lili

Tainha Recheada

Aproveita o primeiro lanço,
vai no Mercado Público,
já bebe uma gelada,
compra uma tainha grande
e faz ela recheada.

Ingredientes:
1 tainha grande
suco de limão
1/2 quilo de camarão
1/2 pimentão vermelho em cubos
1 cebola picada
2 colheres de manteiga
1 xícara de farinha de mandioca
2 ovos cozidos
50 gr de azeitona preta sem caroço
sal a gosto

Fazendo:
Esfregue o limão na tainha, passe sal e reserve.
Coloque o camarão só com um pouco de sal em uma panela e cozinhe por 20 minutos.
Noutra panela, derreta a manteiga, coloque o camarão, o pimentão e a cebola.
Deixe refogar em fogo baixo.
Quando estiver bem refogado, prove o sal e coloque a farinha de mandioca.
Deixe dourar até conseguir uma farofa bem molhada.
Retire do fogo e misture os ovos cozidos amassados e as azeitonas picadas.
Encha toda a tainha e costure.
Reserve a farofa que sobrou.
Embrulhe a tainha em papel alumínio e ponha em uma assadeira.
Coloque no forno alto pré aquecido, por 30 minutos.
Retire o papel alumínio, reduza para forno médio, e deixe na assadeira por mais 20 minutos ou até ver que a tainha está dourada.

Sirva imediatamente.
Não dispense a água ardente.

Por que precisamos da Conferência Nacional de Comunicação

Convite para a Audiência Pública que vai discutir a Conferência Nacional de Comunicação na Assembléia Legislativa, dia 21 de maio às 9 horas.
Clique na imagem para ampliar.















Oficina preparatória

Antes da Audiência Pública no dia 20 de maio, às 19h, acontece uma oficina Pró-Conferência idealizada pelo Sindicato dos Jornalistas. A reunião acontece no mini-auditório da FECESC, na avenida Mauro Ramos,1624 – em frente ao banco redondo. A realização da 1ª Conferência Nacional de Comunicação, em dezembro, mobiliza diversos segmentos sociais do País, principalmente aqueles que lutam pela democratização da informação. Participe também.

16 de maio de 2009

Audiência pública discute Defensoria Pública

A proposta de criação da Defensoria Pública em Santa Catarina será tema de uma audiência pública que aconteceno no dia 19 de maio (terça-feira), às 9h, na Assembléia Legislativa, em Florianópolis. A Defensoria foi criada na Constituição Federal de 1988 e tem a função de assessorar juridicamente as pessoas sem condições de pagar advogado. O problema é que passados mais de 20 anos e já no sexto governo pós 1988, Santa Catarina é o único Estado brasileiro que ainda não implantou esse serviço. Saiba mais

12 de maio de 2009

Piso é de 1.200,45

O novo piso salarial dos jornalistas em Santa Catarina passa a ser de R$ 1.200,45 a partir de maio. O piso anterior foi acrecido de 5,83% do INPC mais ganho real de 1% totalizando reajuste de 6,89%. leia mais

Mais de 3.050 dias aguardando o pagamento do precatório

Os servidores do judiciário catarinense estão ha mais de 3.050 dias aguardando pelo pagamento do precatório. Diante dessa situação e para cobrar do Governo do Estado e do Tribunal de Justiça o pagameto dessa dívida a categoria decidiu instalar uma "Tenda" e um "Placar" do Precatório em frente ao prédio do TJ.
Os servidores esperam pelo pagamento do precatório desde janeiro de 2001, cerca de 8 anos e 4 meses, ou 3050 dias. Este foi o número colocado no "placar" que vai sendo alterado dia-a-dia até o ínicio do pagamento.
A medida vai contemplar aqueles servidores onerados pelo descumprimento do reajuste de 10% em 1986, fato que provocou vários desdobramentos até gerar os precatórios, em 2001.
O processo, depois de interminável tramitação encontra-se na Vara de Precatórios e Precatórias do Fórum da Capital.
Até o final de 2008, a Secretaria da Fazenda do Estado havia repassado 8 milhões de reais do total de 35 milhões dos créditos dos servidores do judiciário.
O acordo prevê que o Estado repasse mensalmente dois milhões para pagamentos de precatórios, no entanto, segundo a divisão de precatórios do TJ, nenhuma parcela foi depositada em 2009.

8 de maio de 2009

Prova cabal

Outro dia eu disse aqui que a frase "você tira o homem da roça mas não a roça do homem" tem tudo a ver comigo. Pois bem, a lili capturou essa cena que é prova cabal disso. Apreciem.

7 de maio de 2009

Vil metal

Em tempos de gripe suína, resolvemos dar fim ao porco que mantínhamos em cativeiro lá em casa. Estava redondo, cheio mesmo, definitivamente era a hora. A proximidade do aniversário da Laura apressou ainda mais a nossa decisão.
Ontem a noite quebramos o cofrinho. Laura nadou em moedas. Sem ganâcia, sem avareza. Apenas uma forma de incrementar as finanças.
A ideia de iniciar a poupança surgiu um ano e de lá pra cá "engordamos" dois cofrinhos. O resultado: 700 moedas de todos os valores e a festa pra comemora os 3 anos no dia 02 de junho garantida.

6 de maio de 2009

"Direito não é favor"

É o que pensam os servidores do judiciário catarinense que colocaram essa faixa aí na grade em frente ao Tribunal de Justiça. Eles estão em campanha salarial. A data-base é maio. Na reunião de hoje do Tribunal Pleno que reúne os 50 desembargadores foi aprovado uma reposição pelo IPCA-IBGE de maio que deve ser de 5,5%. O índice é divulgado dia oito. Outros 19 pontos da pauta serão discutidos em uma mesa de negociações.

Mutantes

Wolverine encontra Ronaldo, este, um verdadeiro mutante.

5 de maio de 2009

Fui




Acorda

Laura tem usado com frequencia duas expressões pouco convencionais para uma criança de 3 anos:
Orrrra - assim bem arrastado mesmo - e mané.
Ou uma, ou outra, dependendo da situação.
Mas hoje ela se superou. E logo com o papai aqui.
Enquanto eu pedia aqueles cinco minutos a mais de cama, ela tascou na minha lata:
_ Orrrrra mané, acorda.

4 de maio de 2009

Oficina Pró-Conferência de Comunicação

Texto convidando para uma oficina pró-conferência de comunicação no dia 20 de maio às 19h no Auditório da FECESC na Av. Mauro Ramos, 1624, em frente ao banco redondo.

A realização da 1ª Conferência Nacional de Comunicação, em dezembro de 2009, representa uma conquista histórica. Ela é resultado de muita pressão social por um novo modelo de comunicação no Brasil, que prioriza conteúdos de interesse público e que não tenha vinculação com grupos financeiros voltados apenas ao lucro.

Santa Catarina, por exemplo, sofre com a ação do oligopólio sustentado pelo grupo RBS, que não garante o direito que todos temos à informação e à expressão de idéias. Uma ação civil pública movida contra o grupo RBS, pelo procurador da República Celso Três, torna público o tamanho do império e como a RBS mantém o controle da informação no Estado. São 18 emissoras de TV aberta, o que contraria a legislação, além do controle dos três principais jornais do Estado. O que não interessa à RBS, não chega às pessoas.

Garantir o direito à informação séria e à expressão passa por fortalecer a comunicação popular, e por reunir o máximo possível de pessoas para pensar um modelo que valorize o controle público sobre os meios. Para garantir que esta conferência seja um espaço democrático e que represente os diversos interesses da sociedade, cada Estado estará realizando debates preparatórios.

Blog novo na praça

Claudio Silva da Silva, o Sarará, começa a apresentar seus trabalhos no seu novo blog. Esta aí é a primeira imagem. Uma cena do filme "Antropóloga" do Zeca Pires. veja aqui