8 de fevereiro de 2010

Sindicato dos Jornalistas aceita filiações de não diplomados

A Direção do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina deliberou, em reunião do dia cinco de fevereiro, por aceitar a filiação de todos os profissionais com registro junto ao Ministério do Trabalho desde que no efetivo exercício das atividades da categoria.
Os diretores do SJSC entendem que a aplicação do Estatuto da entidade abrange todos os trabalhadores jornalistas, inclusive aqueles que não são formados. “Se há trabalhador com registro e no pleno exercício do contrato de trabalho, o Sindicato deve lutar por melhorar suas condições de trabalho, lutar por salários dignos e condizentes com a importância da profissão e ampliar os direitos sociais”, disse o presidente do SJSC, Rubens Lunge.
A posição da Direção não interrompe a luta de todos os jornalistas brasileiros, de assegurar o acesso ao registro profissional com a formação superior. “O STF (Supremo Tribunal Federal) criou uma situação esdrúxula ao derrubar o nosso diploma, e o Ministério do Trabalho ampliou este cenário ao não estabelecer critério para a concessão do registro profissional a partir da sentença do STF e até que as emendas constitucionais que trazem de volta a formação sejam votadas pelo Congresso”, afirmou Lunge. Diante disso, Rubens Lunge afirmou que “o Sindicato não pode se negar a defender os trabalhadores cujos registros foram concedidos, neste momento, sem o diploma”.
Fonte: SJSC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chegou até aqui, então manda o comentário...