29 de setembro de 2011

Jornal Correio Lageano demite jornalista por ter sido candidata na eleição do Sindicato

O jornal Correio Lageano, de Lages, deu mais uma demonstração de sua prática anti-sindical, o que se soma à sua incondicional situação de empresa que a toda hora desrespeita os jornalistas, impondo banco de horas, desconto de horas que não poderiam ser descontadas, não-pagamento de horas extras e não reconhecimento dos diagramadores.

Desta vez, a empresa demitiu a colega Deise Cristina Borges Ribeiro por um único fator: ela foi candidata na chapa 1 do Sindicato dos Jornalistas.

Os representantes da Chapa Sindicato Mais Forte, Sindicato Presente da qual a colega Deise fez parte já solicitaram ao Sindicato dos Jornalistas que intervenha neste caso, uma vez que não se pode admitir a situação - e muito menos as desculpas da empresa, de que Deise não se encaixa no perfil dos novos jornalistas, qual seja, a multifunção.

Nos últimos anos, a colega Deise serviu ao Correio Lageano atendendo a tudo o que lhe era solicitado enquanto jornalista. Agora, depois do pleito, ela é demitida. Não há prova maior de perseguição à organização dos jornalistas do que esta, por isso urgência se faz necessária pela Direção do SJSC. Autor Rubens Lunge

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chegou até aqui, então manda o comentário...