3 de novembro de 2010

Nepotismo no TJ

Reproduzo nota publicado na coluna VISOR do Diário Catarinense no dia 1 de novembro.

NEPOTISMO: Enquanto isso, foi divulgado no site do Sindicato dos Servidores do Judiciário de SC (www.sinjusc.org.br) que o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador José Trindade dos Santos, exonerou a assessora Fernanda Galliza do cargo em comissão que ocupava no Fórum da Capital. A medida atende determinação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que identificou prática de nepotismo na administração da corte. Fernanda é filha do diretor-geral do TJ, Sérgio Galliza. A decisão foi publicada no Diário da Justiça do último dia 20. Na mesma edição também foi dada publicidade à retirada do cargo em comissão que Sérgio Galliza, irmão de Celso, ocupava na assessoria de Planejamento do TJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chegou até aqui, então manda o comentário...