16 de março de 2009

Banco de sangue encadernado

Um banco de sangue encadernado. É assim que Tom Zé, na música Parque Industrial, vê os jornais populares.

Parque Industrial

Retocai o céu de anil, bandeirolas no cordão
Grande festa em toda a nação.
Despertai com orações o avanço industrial
Vem trazer nossa redenção.
Tem garotas-propaganda
Aeromoças e ternura no cartaz,
Basta olhar na parede,
Minha alegria
Num instante se refaz
Pois temos o sorriso engarrafado
Já vem pronto e tabelado
É somente requentar e usar,
É somente requentar e usar,
Porque é made, made, made, made in Brazil. (2x) Brasil
Retocai o céu de anil, bandeirolas no cordão
Grande festa em toda a nação.
Despertai com orações o avanço industrial
Vem trazer nossa redenção.
A revista moralista
Traz uma lista dos pecados da vedete
E tem jornal popular que
Nunca se espreme porque pode derramar.
É um banco de sangue encadernado
Já vem pronto e tabelado,
É somente folhear e usar (2x)
Porque é made, made, made, made in Brasil (2x)
Made in Bra – a – a – a – a – a - sil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chegou até aqui, então manda o comentário...