5 de dezembro de 2011

O que o trabalho faz com a minha cabeça?

Uma pesquisa inédita no país vai verificar o estado de saúde mental dos trabalhadores do judiciário catarinense. No próximo dia 15 de dezembro o SINJUSC em parceria com o Centro de Estudos “Fazendo Escola” vai realizar uma pesquisa sobre o estado de saúde mental dos trabalhadores do judiciário. A pesquisa tem apoio irrestrito do Tribunal de Justiça e também da Universidade Federal de São Paulo.

O questionário é simples e será respondido por servidores, magistrados, tercerizados, funcionários a disposição, ministério público e estagiários, envolvendo todos os trabalhadores no serviço Judiciário.

As respostas possibilitarão aprofundar o conhecimento sobre as relações sociais do trabalho judiciário com os estados de saúde dos seus trabalhadores, além de propiciar a formulação de políticas e ações que se antecipem às mudanças para pior desses estados.

Um dos objetivos é acompanhar regularmente esses estados de saúde dos trabalhadores, realizando a cada dois anos a aplicação do mesmo questionário.

Durante encontro recente com o presidente do TJ, Desembargador Trindade dos Santos, o coordenador da pesquisa, o professor Herval Pina Ribeiro, apresentou a metodologia de aplicação da pesquisa bem como os principais aspectos de abordagem, tendo recebido total apoio da administração do TJ para sua aplicação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chegou até aqui, então manda o comentário...