26 de agosto de 2009

Livro "Os Operários do Direito" será lançado em Florianópolis

A revelação do Judiciário de um novo ponto de vista, a visão a partir de seu trabalho cotidiano nem sempre visível, das angústias que circulam nos corredores dos fóruns e tribunais, paralelas às dos que buscam os serviços judiciários.
De autoria do médico e doutor em saúde pública Herval Pina Ribeiro, O livro "Os Operários do Direito" apresenta para quem vive o dia-a-dia do Judiciário identidades e visões comuns. Para os demais, a revelação de um judiciário pouco visto e pouco conhecido, apresentado através da história oral dos que o fazem cotidianamente: os trabalhadores do judiciário.
As relações de trabalho e as implicações causadas na saúde de cada indivíduo são o foco da obra, lançada pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado de Santa Catarina (Sinjusc).
Em suas 660 páginas, divididas em dois volumes, o autor traz relatos vivos, histórias pessoais comoventes, e os dilemas e contradições de uma estrutura de poder hermética e verticalizada diante da tarefa de distribuir justiça aos cidadãos.
A obra é resultado de uma pesquisa de sete anos e relata casos colhidos através do projeto “Trabalho e Saúde dos Servidores do Judiciário de Santa Catarina”, promovido pelo Sinjusc. O livro traz à tona dezenas de histórias vividas por trabalhadores do Poder Judiciário, seus sofrimentos pessoais e o adoecimento que resulta das práticas no dia-a-dia.
Como afirma o autor, o livro trata das relações sociais e a morbidez do trabalho contemporâneo nos servidores públicos do Judiciário. “O caráter público deste livro é mostrar como os trabalhadores sofrem com a aplicação da Justiça, como ocorre o processo de trabalho e como os servidores internalizam as questões.
Não queremos discutir se a Justiça está lenta, certa ou errada, mas como os servidores, indispensáveis ao Poder Judiciário, se relacionam com as práticas”, diz Herval.

LANÇAMENTO EM FLORIANÓPOLIS – O livro teve seu primeiro lançamento nos dias 30 e 31 de julho em Chapecó (SC). Agora será a vez de Florianópolis, onde vão ocorrer também dois eventos: uma noite de autógrafos na quinta-feira (27) às 19h no Palácio Cruz e Sousa e um debate na sexta-feira (28) no auditório do Tribunal Pleno com a presença do autor e de outros pesquisadores da área: o ex-presidente da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), Rodrigo Collaço, que fez a apresentação da obra e do jornalista Altamiro Borges.

ESCOLA DO SINJUSC – A edição do livro marca também o início da Escola do Sinjusc. O debate sobre o livro “Operários do Direito”, que contará com a presença do autor e de convidados de peso, marcará a Aula Magna desta nova escola, resultado de um projeto desenvolvido pelo Sindicato. O projeto “Fazendo Escola” propõe criar uma visão ampla sobre o trabalho e o trabalhador.
“Através da Escola do Sinjusc, pretendemos desenvolver um trabalho sindical que apresente novas formas de atuar socialmente, construindo um novo mundo a partir de consensos estudados e que melhorem a qualidade de vida do trabalhador”, resume o presidente do Sindicato, Alessandro J. Pickcius.
Por Sara Caprario

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chegou até aqui, então manda o comentário...